Classificação das rolhas naturais

Home / Classificação das rolhas naturais

Densidade

A densidade da cortiça associa-se à elasticidade da rolha. A cortiça para rolhas naturais tem uma massa volúmica compreendida entre 160 kg/m3 e 220 kg/m3, sendo, no entanto, possível encontrar rolhas com densidades mais baixas ou mais altas, fora daquele intervalo.

Humidade

A humidade nas rolhas de cortiça deverá estar situada entre os 4% e os 9% de forma a manter a elasticidade adequada e a reduzir o possível risco de desenvolvimento microbiano.

Tratamento de Superficie

Existem diferentes produtos que se utilizam no tratamento de superfície de rolhas sendo particularmente relevante o uso de parafinas e silicones. Os tratamentos com parafina visam a impermeabilização, para além de proporcionarem uma certa lubrificação. Os tratamentos com silicone têm, sobretudo, como objetivo a lubrificação da rolha, o que facilitará a sua utilização na altura do engarrafamento e na altura da abertura da garrafa. No mercado existem, ainda, outras opções à base de polímeros lubrificantes e impermeabilizantes compatíveis com a indústria alimentar.

O tipo de tratamento a aplicar e a sua dosagem dependem do tipo de vinho, do tipo de garrafa, do tempo de estágio e do tipo de máquina de engarrafamento. Para os vinhos que necessitam de estágio em garrafa (superior a 18 meses), deverá fazer-se primeiro um tratamento de superfície com parafinas e em seguida aplicar-se um tratamento com silicone. Qualquer que seja o tratamento a aplicar, é necessário garantir que seja da maior qualidade, pois de nada interessa ter uma rolha esteticamente atraente, mas com um acabamento deficiente, capaz de debilitar o desempenho final da rolha.

Força de extração

A força de extração da rolha tende a baixar com o tempo em garrafa. Os valores aconselhados situam-se entre os 20 e os 40 kg (24 horas após o engarrafamento), sendo as especificações variáveis consoante o mercado. Nos dias atuais, os produtores de rolhas dispõem dos meios necessários ao desenvolvimento de tratamentos de superfície que cumprem as especificações solicitadas.

Padrão Visual

A classe visual das rolhas é estabelecida com base na quantidade e tamanho dos poros (lenticelas) que a sua superfície apresente.

Amostragem

Para as amostragens devemos sempre ter em conta o tamanho dos lotes e seguir as tabelas de amostragem normalizadas – NP (Norma Portuguesa), NP 2922 ou ISO 3951 ou ISO2859, consoante a modalidade de controlo da qualidade aplicável.

Contacte-nos

Não legível? Mude o texto. captcha txt

Começe a escrever e pressione Enter para procurar