Entrevista a Mónica Gonçalves

Home / Entrevistas / Entrevista a Mónica Gonçalves

Entrevista a Mónica Gonçalves

Malha de cortiça dá forma a peças de vestuário

GRIGI é o nome da empresa criada pela designer de moda portuguesa, Mónica Gonçalves, e que tem como objectivo o estudo e a experimentação de materiais locais e naturais, visando a sua aplicação em diversas áreas, nomeadamente a Moda. A palavra GRIGI surge de um jogo de sílabas e do italiano grigio – cinzento – cujo simbolismo encerra uma força interna que suporta males externos. “A GRIGI é um sonho próprio que vingou num cenário de crise e desmoralização”, explicou a designer. A malha de cortiça é o seu grande trunfo. Foi pioneira na sua utilização e já recebeu prémios nacionais e internacionais devido a esta utilização. “A paixão pela cortiça nasceu quando eu comecei a perceber as grandes potencialidades deste material, pois era um Mundo a explorar!”, revelou Mónica Gonçalves.
A GRIGI nasce com essa malha, do cruzamento entre os valores da tradição, da ecologia e da sustentabilidade e o desejo de trazer o design à cortiça e a cortiça a um lugar plural mais próximo do consumidor, através do vestuário.
“Comecei por fazer experiencias caseiras, e logo desde início vi que era um material que colaborava e que de alguma forma “falava”, é muito fácil de manipular e de trabalhar, mas quando algo não funciona, a cortiça dá logo de si e mostra que não é viável prosseguir com a ideia”, explica a designer.

“Todos os designers têm um dom. A minha identidade afirma-se pelo experimental – mutação, uma outra face de peças utilitárias e de dupla funcionalidade, o novo e o diferente”, refere Mónica Gonçalves.

A estilista desenvolveu já três colecções com recurso à malha de cortiça, tendo, mais recentemente apoiado o desenvolvimento, em parceria com Vera Gonçalves e Joana Branco, da Little GRIGI. “Um dia em reunião fizeram a proposta de criarem uma marca que fosse o retracto da GRIGI mas em versão criança! Adorei a ideia, e mal a Little GRIGI nasceu seguiu para Paris juntamente com a colecção SS15 da GRIGI, e o feedback foi excelente!”, contou Mónica Gonçalves. E conclui: “as criadoras aperceberam-se que ainda não existia nada no mercado de criança em cortiça, e como apreciavam muito a malha de cortiça, decidiram inovar e criar uma nova abordagem no mercado.”

Perfil

Mónica Gonçalves

Nasceu em Lisboa, em 1989. As artes foram desde cedo a sua paixão, mas a Moda destacou-se. Entre 2008 e 2012 frequentou o curso de Design de Moda do CIVEC, actual MODATEX, em Lisboa.
O seu percurso foi pautado por vários concursos de Design de Moda, somando vários prémios, em Portugal e no mundo. Destacam-se os primeiros lugares no Campeonato Europeu Euroskills, em 2010, e o concurso EcoFriendly do Portugal Fashion, em 2012, onde apresentou a Malha de Cortiça. Foi, posteriormente, convidada a desenvolver uma colecção exclusiva para a marca Cork&Co.
Iniciou-se profissionalmente, em 2009, com estágios profissionais completados com excelência e reconhecimento – Isilda Pelicano, Dinis & Cruz, e Ana Salazar.
O primeiro prémio no Campeonato Europeu valeu-lhe uma bolsa de estudo que a levou a Itália para trabalhar na prestigiada Barena, cujos princípios influenciam e inspiram a designer.
Com o grande objectivo de estudar e explorar materiais locais e naturais, criou, em 2013, a Grigi, empresa que pretende valorizar  recursos e técnicas nacionais.

Contacte-nos

Não legível? Mude o texto. captcha txt

Começe a escrever e pressione Enter para procurar

celsusAlexandre Farto_credit-RuiSoares_2015