Sarau Cultural na APCOR

Home / / Sarau Cultural na APCOR

A APCOR vai promover, no próximo dia 08 de Novembro, pelas 20h30, um sarau cultural, no auditório da associação. Esta sexta-feira cultural irá promover três momentos distintos, mas que contribuem para o enriquecimento do sector, com a abordagem em diferentes áreas daquilo que pode promover a cortiça. A saber: a Exposição “Corking e o Shade”, de Carolina Marques – quadros com pirogravação em cortiça; o lançamento do livro “ A Cortiça nos Debates Parlamentares da Nação Portuguesa 1839-1899”, de Nuno Silva, e a visita Pastoral do Bispo Auxiliar do Porto, D. João Lavrador.

O Corking é um projecto artístico que usa a cortiça como matéria principal. E porquê Corking? Cork é a palavra inglesa para cortiça e a terminação “ing” é o final da palavra burning que em português significa queimar. O Corking explora a velha técnica da pirogravação e traduz-se em “acto de queimar a cortiça”. É uma técnica artística usada há séculos e consiste numa reacção química natural: a combustão. A cortiça é um material que recebe bem esta técnica e que permite resultados plásticos bastante interessantes e inovadores.

Estarão em exposição oito quadros com temas diversos e que poderão ser adquiridos pelos visitantes. Com a venda dos mesmos 20 por cento do valor de cada peça será doado a um projecto de carácter humanitário que está a ser desenvolvido no Chade – o projecto do Eco-carvão. Para obter mais informações sobre o Corking pode visitar a página do facebook em : 

https://www.facebook.com/pages/Corking/429502013764212.

O serão será, ainda, presenteado com o lançamento do livro “A Cortiça nos Debates Parlamentares da Nação Portuguesa 1839-1899”, da autoria do historiador Nuno Silva.
O livro abarca áreas como a política, a indústria, a agricultura, o comércio interno e externo, os transportes marítimos e terrestres, as vias de comunicação, as finanças, os impostos, o pensamento político e económico, tendo como fio condutor a cortiça. Nesta obra demonstra-se a importância da cortiça enquanto produto regional, nacional e internacional, através das vozes dos deputados, tentando revelar quando obteve dimensão socioeconómica suficiente para ser debatida na Câmara do Deputados da Nação Portuguesa, num período de cerca de 60 anos de história lusa do século XIX.

O livro conta com cerca de 200 páginas de informação e é embelezado por fotografias do acervo pessoal de José Neiva e recolhidas na Junta Nacional da Cortiça, assim como de outras fontes. A obra estará para venda e poderá ser adquirida por 10 euros. Mais informações sobre esta obra podem ser obtidas em http://nunohistoria.wix.com/cortica.

Para terminar a noite, a Apcor irá receber a visita pastoral do Bispo Auxiliar do Porto D. João Lavrador. Esta visita insere-se num programa pastoral de cinco dias à região e visa conhecer a realidade local e animar e incentivar o trabalho paroquial desenvolvido.

A sessão contará com uma apresentação sobre o que representa o sector industrial para o país e para a região, seguida pela exposição da Doutrina Social da Igreja, por D. João Lavrador.

Notas ao editor

Associação Portuguesa da Cortiça (Apcor)

É a única associação nacional que representa a indústria de transformação da cortiça. Nasceu em 1956, em Santa Maria de Lamas, concelho de Santa Maria da Feira, no coração da indústria da cortiça.

Possui mais de 250 associados, que representam 80 por cento da produção nacional e 85 por cento das exportações de cortiça e que cobrem todos os sub-sectores da indústria – preparação, transformação e comercialização.

Promover e valorizar a cortiça e os seus produtos, assim como representar e apoiar as empresas do sector nos mais variados domínios são os objectivos da Apcor. Principais áreas de intervenção: Internacionalização; Inovação e Desenvolvimento; Informação; Serviços de Apoio; Qualidade; Contratação Colectiva; e Cooperação Institucional.

Para mais informações, contacte, por favor:

Joaquim Lima
Tel. 22 747 40 40
E-mail: realcork@apcor.pt
www.apcor.pt

Contacte-nos

Não legível? Mude o texto. captcha txt

Começe a escrever e pressione Enter para procurar