A transmissão de energia entre o exterior e o interior é um fator preponderante no desempenho energético do edifício, seja qual for o sistema de climatização. A primeira decisão a tomar é a escolha das soluções construtivas da envolvente exterior mais adequada ao clima local.

Como forma de amenizar os problemas de isolamento térmico em edifícios, diversos países europeus têm desenvolvido sistemas de isolamento aplicados no exterior das fachadas, quer na reabilitação de edifícios, cuja envolvente vertical apresenta os sintomas acima referidos (índices de isolamento térmico insatisfatórios, etc.), quer em novas construções. Estes sistemas constituem uma ótima solução, tanto do ponto de vista energético como do ponto de vista construtivo.

Uma das soluções possíveis a ser aplicada nas paredes externas é o isolamento térmico de paredes simples com revestimento aderido ETICS (External Thermal Insulation Composite System – Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior) ou com fachada, revestimento independente contínuo ou descontínuo com fixação de suportes pontuais. Outra solução é o isolamento térmico de paredes duplas com isolante preenchendo total ou parcialmente a caixa de isolante.

O sistema ETICS apresenta uma solução técnica de alta qualidade que se caracteriza por:

  1. Reduzir as pontes térmicas, o que se traduz por uma espessura de isolamento térmico mais reduzida para a obtenção de um mesmo coeficiente de transmissão térmica global;
  2. Diminuir o risco de condensações;
  3. Aumentar a inércia térmica interior dos edifícios, dado que a maior parte da massa das paredes se encontra no interior do isolamento térmico. Por conseguinte, melhora o conforto térmico no inverno (incrementando o horário solar útil) e no verão, devido à capacidade de regulação da temperatura interior;
  4. Economizar energia devido à redução das necessidades de aquecimento e de arrefecimento do ambiente interior, por via da diminuição do gradiente de temperaturas a que são sujeitas as camadas interiores das paredes;
  5. Conferir uma diminuição da espessura das paredes exteriores, aumentando a área habitável;
  6. Reduzir o peso das paredes e das cargas permanentes sobre a estrutura;
  7. Aumentar a proteção conferida ao tosco das paredes, face às agressões dos agentes atmosféricos (choque térmico, água líquida, radiação solar, etc.);
  8. Melhorar a impermeabilidade das paredes;
  9. Possibilitar a mutação do aspeto das fachadas e colocação em obra sem perturbar os ocupantes dos edifícios;
  10. Conceder uma grande variedade de soluções de acabamento.

A aplicação do sistema ETICS compreende as seguintes fases:

  1. Montagem dos perfis de arranque e laterais;
  2. Preparação da cola;
  3. Aplicação da cola;
  4. Colocação do isolamento, neste caso o aglomerado puro expandido;
  5. Reforço dos pontos singulares;
  6. Aplicação da camada de base armada;
  7. Aplicação da camada de primário;
  8. Aplicação do revestimento final.

A dimensão standard da placa de aglomerado puro expandido é 1000 x 500 mm, mas as espessuras podem variar entre 10 e 400 mm. Também é possível ter placas de aglomerado expandido de dimensão 1200 x 600 mm, neste caso, as espessuras variam entre 40 e 400 mm.

A utilização das placas em aglomerado puro expandido dá-se por fixação com uso de colas especiais colocadas diretamente no reboco, com ou sem encaixes, podendo ser sobrepostas ou por aplicação simples. Outra possibilidade de aplicação é fixá-las diretamente às estruturas (de madeira, ferro ou alumínio).

Todavia, o isolamento térmico de paredes simples pelo exterior evita as pontes térmicas, permitindo aproveitar a inércia térmica das paredes necessária para manter uma temperatura mais ou menos constante no interior, independentemente das estações do ano.

O uso das placas de aglomerado puro expandido na fachada como revestimento externo torna-se uma solução menos dispendiosa, ao passo que, o isolamento térmico aplicado em paredes duplas aproveita apenas parte da inércia térmica das paredes, obrigando à correção das pontes térmicas. Deste modo, aumenta-se a espessura das paredes, o peso na estrutura e nas fundações, sendo por estas razões uma solução mais dispendiosa.

Para mais informação e fichas de produtos descarregar o Manual Materiais de Construção e Decoração.

Outros materiais de construção

Contacte-nos

Não legível? Mude o texto. captcha txt

Começe a escrever e pressione Enter para procurar