Rolhas

Home / Produtos / Rolhas

100% sustentáveis, recicláveis e renováveis

A rolha é o mais famoso produto da indústria da cortiça. O mais produzido, o mais exportado. Mais de 12 mil milhões de garrafas de vinho por ano são vedadas com cortiça, mantendo intactas todas as qualidades desse néctar durante séculos. Há muitos anos que a rolha de cortiça é o vedante de excelência do vinho, escolhida por mais de 70% dos produtores mundiais. A relação da cortiça com o vinho começa no antigo Egito como vedante para ânforas.

Propriedades únicas

As propriedades naturais da rolha de cortiça oferecem à indústria vinícola um vedante de características incomparáveis. A leveza (uma rolha contém cerca de 90% de ar ou gás semelhante), flexibilidade, elasticidade e compressibilidade (dadas pelas 750.000.000 de células) permitem que a rolha de cortiça recupere a sua forma inicial, garantindo uma perfeita adaptação ao gargalo da garrafa. Esta adaptação é dinâmica ao longo do tempo, uma vez que acompanha as dilatações e contrações que o vidro sofre devido às variações da temperatura ambiente, assegurando assim a estanquicidade da garrafa. A impermeabilidade a líquidos e praticamente impermeável a gases e a imputrescibilidade que garante uma elevada resistência à humidade e, consequentemente, à oxidação, são características importantes e que tornam a rolha de cortiça o vedante preferido por produtores e consumidores.

Preferida por todos

Os melhores produtores do mundo continuam a preferir rolhas de cortiça e os verdadeiros apreciadores de vinho não dispensam o ritual de abrir uma garrafa com rolha de cortiça.

  • Em média, 86% dos consumidores em todo o mundo prefere a cortiça e associa-a vinho de qualidade e elegância.93% dos consumidores de vinho nos EUA associa a rolha de cortiça a vinhos de qualidade*;
  • 83% dos consumidores de vinho franceses prefere a cortiça**;
  • 85% dos italianos considera a rolha de cortiça como o melhor vedante para assegurar a qualidade do vinho***;
  • 85% dos consumidores chineses acredita que os vinhos que usam cortiça são de melhor qualidade****;
  • 92% dos espanhóis prefere a rolha de cortiça para as garrafas de vinho e de cava*****;
  • 80% do total dos brasileiros acredita que os vinhos nobres exigem a rolha de cortiça e estão dispostos a pagar mais 4 ou 5 euros por um vinho vedado por rolhas de cortiça natural******.

Fontes:
* Tragon Corporation (Wine Closures – Research Update 2013)
** OpinionWay (2014)
*** AstraRicerche (2014)
**** CTR Market Research (2014)
***** Iniciativa Cork (2012)
****** Conecta e Ibope – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística

Os consumidores de vinho americanos estão, ainda, dispostos a pagar mais $1,97 por uma garrafa vedada com cortiça. Os vinhos vedados com cortiça aumentaram, também, as suas vendas em 37%, comparado com apenas 4,9% para vinhos com vedantes artificiais. (ACNielsen, 2014).

Rolha de Cortiça = Vinho de Qualidade

A cortiça e o vinho foram feitos um para o outro. Os melhores vinhos do mundo, os melhores produtores vinícolas mundiais, preferem a rolha de cortiça – Apoio à cortiça. A cortiça preserva o néctar de garrafas centenárias do Vinho do Porto, do whisky de malte mais antigo do mundo, e ainda do whisky, da cerveja e da água engarrafada mais caros do mundo.

Whisky

O whisky mais caro e o mais antigo têm rolha de cortiça. O whisky mais caro do mundo, o Dalmore Trinitas 64 avaliado em 100 mil libras, tem rolha de cortiça. A coleção de rolhas capsuladas premium Top Series, da Corticeira Amorim, foi selecionada para vedar a edição limitada de três garrafas deste whisky da cave Dalmore, um dos mais importantes produtores mundiais de bebidas espirituosas. A rolha é composta por um corpo de cortiça natural e por uma sofisticada cápsula de madeira escura com acabamento em prata. O Dalmore Trinitas 64 resulta de uma combinação única de vintages espirituosos das colheitas de 1868, 1878, 1926 e 1939, finalizado pela junção de um vintage de 1940.

O whisky de malte mais antigo do mundo, o Gordon and Macphail’s Mortlach 70 Year-Old, também tem rolha de cortiça. A rolha, da gama Prestige, tem cápsula metálica e acabamento em prata e foi feita propositadamente para esta bebida. Tem uma base de cortiça natural e pode ser trabalhada com materiais inovadores e de luxo, nomeadamente metais preciosos, adaptando-se assim aos pedidos dos clientes e às tendências de design.

Tequila

Tequila Pátron não larga a cortiça. A Tequila Patrón Silver, a tequila premium mais vendida em todo o mundo, produzida no México pela Patrón Spirits Company, é vedada com rolha de cortiça portuguesa. Esta tequila é suave, macia, facilmente misturável e constituída a 100% de agave azul de excelente qualidade. Cada garrafa é numerada à mão e feita de vidro reciclado. A cortiça é perfeita para a Tequila Patrón. Numa campanha de promoção com o mote “Simply Perfect”, a rolha de cortiça surge em grande destaque num dos anúncios da fabricante desta tequila. Um elogio ao produto português com uma mensagem clara. “Apenas os melhores ingredientes fazem parte da nossa tequila. Assim como as nossas rolhas de cortiça”. “Na Patrón, a cortiça que usamos para as nossas rolhas vem diretamente de Portugal. É impermeável, elástica e resistente. Afinal, nós odiamos aquilo que possa fazer mal à nossa tequila”, acrescenta.

Água

Água vedada com cortiça é uma das mais caras do mundo. Chama-se Bling H20 e é uma das garrafas de água mais caras do mundo – 40 dólares por 750ml. Tem rolha de cortiça, cristais Swarovski e água de uma nascente do Tennesse. Desenhada pelo produtor e argumentista de Hollywood, Kevin G. Boyd, já esteve em destaque nos MTV Video Music Awards e nos Emmys.

Vinho do Porto

Cortiça e Vinho do Porto: Uma união de séculos. Ao longo de séculos, vinho e cortiça têm crescido juntos. A cortiça beneficia da produção vinícola e dá-lhe um toque de qualidade. No século XVII, o monge francês Dom Pierre Pérignon revolucionou a indústria do vinho ao substituir as rolhas de madeira por rolhas de cortiça. Os vedantes de então, rolhas envoltas em cânhamo embebido em azeite, não mereciam muita confiança. Estavam sempre a saltar e havia dúvidas quanto à preservação do vinho. No século XVIII, e pela primeira vez em Portugal, foi permitido o envelhecimento do vinho em garrafas de vidro cilíndricas e as rolhas de cortiça começaram a ser procuradas. A partir de então o famoso Vinho do Porto, reputado em todo o mundo, começou a ser vedado com rolhas de cortiça. A cortiça nunca mais se separou do Vinho do Porto. A startup Clínica de Arquitetura, do Porto, por exemplo, criou uma base em cortiça negra para o Vinho do Porto. A peça que alia cortiça e design chama-se Cepa e é uma homenagem a um ícone nacional e à região do Douro. As exportações da Cepa começaram pelos Estados Unidos.

Cerveja

Cervejas exclusivas procuram a cortiça. No natal de 2013, a Unicer lançou a cerveja Belgian Christmas Ale com rolha de cortiça. “Um sortido de edições limitadas de cariz artesanal, um ex-libris da experiência cervejeira Super Bock. Cervejas exclusivas, criadas com a paixão e saber únicos dos mestres cervejeiros”. Foi assim que esta cerveja, edição exclusiva limitada a 10.000 garrafas, se apresentou ao mundo. A Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (SCC), por seu turno, lançou a primeira cerveja portuguesa com rolha de cortiça numa garrafa de 75 cl, uma edição comemorativa da Sagres Bohemia Reserva 1835. Uma garrafa vedada com cortiça, de design exclusivo e requintado, a pensar nos consumidores mais exigentes. No Brasil, as cervejas premium, sobretudo as destinadas ao envelhecimento, nomeadamente as cervejas safradas e as dos tipos lambic e gueuze, utilizam rolhas de cortiça para garantir que essas bebidas evoluam com qualidade.

Rolha é amiga do ambiente

A produção de uma rolha de cortiça é mais ecológica do que a produção dos vedantes alternativos. Ao analisar o ciclo de vida das rolhas de cortiça versus cápsulas de alumínio e vedantes de plástico, a rolha de cortiça apresentou vantagens ambientais face aos vedantes alternativos, nos diferentes indicadores. Saber mais

Contacte-nos

Não legível? Mude o texto. captcha txt

Começe a escrever e pressione Enter para procurar