Raymondcor Cortiças Lda.

Home / Entrevistas associados / Raymondcor Cortiças Lda.

Raymondcor Cortiças Lda.

“Vendemos para os melhores produtores de vinho franceses” – Antoine Tixador, gerente da Raymondcor Cortiças Lda.

A Raymondcor Cortiças Lda. nasceu em 2000 pela mão de um senhor francês chamado Raymond Travet. Para além da unidade fabril portuguesa, o empresário detinha a Travet Liège, considerada na altura a empresa mãe que recebia o produto, o finalizava e colocava no cliente final. Nos dias de hoje, o processo não é muito diferente, mas o actual proprietário e gerente, Antoine Tixador, prefere falar em empresa “irmã”. “As duas empresas completam-se no negócio e uma não pode viver sem a outra”, explica. “O nosso método passa por adquirir as rolhas em cru a fornecedores selecionados com quem mantemos uma excelente relação já há algum tempo, na verdade eles são mais parceiros do que fornecedores, depois fazemos algumas operações em Portugal, nomeadamente, a escolha, a lavação, e segue-se o envio para França, para a marcação, tratamento final e venda directa às caves”, descreve Antoine Tixador. E acrescenta: “deste modo podemos acompanhar todo o processo e perceber se tudo está a cumprir as regras e a exigência que pretendemos para dar resposta aos melhores produtores de vinho franceses.”

Neste processo é fundamental também a experiência dos colaboradores da empresa. Em Portugal, a Raymondcor Cortiças Lda. conta com oito colaboradores, tendo como responsável Manuel Oliveira. Aliás, o actual gerente sabe bem o valor da sua força humana, pois também ele foi colaborador da Travet Liège antes de, em 2011, assumir o comando das duas empresas. Antoine Tixador é enólogo de formação e começou a trabalhar no mundo da cortiça em 2006 como comercial. Depois, em 2011, sob o nome da AT Development, SRL comprou a empresa francesa e portuguesa para dar continuidade ao negócio de Raymond Travet. “Agarrei o desafio do Sr. Travet pois acredito no casamento da cortiça e do vinho. São dois produtos da terra que têm uma relação inseparável”, refere o empresário. “É claro que este desafio só foi possível com a ajuda do fundador e dos colaboradores que fielmente continuaram comigo neste negócio”, acrescenta.

A Raymondcor Cortiças Lda. aposta nas rolhas de cortiça naturais de qualidade média/alta e de determinados calibres e tem uma média anual de 12 milhões de rolhas comercializadas. Foi com vista ao aumento desta qualidade que, desde 2005, a empresa aderiu ao Systecode – Sistema de Certificação das empresas mediante do Código Internacional das Práticas Rolheiras (CIPR). Mais recentemente, em 2012, desafiaram-se e chegaram ao Systecode Premium – vertente do sistema que galardoa as empresas que cumprem mais algumas exigências do que o atestado “Base”. “Na verdade a implementação do sistema não foi novidade para nós, serviu apenas para validar aquilo que já era uma prática na empresa”, afirma Antoine Tixador. No geral, o empresário considera que serviu para “elevar a qualidade das empresas.” Um esforço também reconhecido com a atribuição do prémio PME Líder 2016.

Aposta na comunicação

Acesso à informação via os comunicados enviados, apoio na implementação do programa Formação PME e aposta em projectos de comunicação que permitam levar a cortiça aos produtores de vinho são algumas das acções que o gestor da Raymondcor Cortiças Lda. refere quando se fala do trabalho da APCOR. “Já usufruirmos uma vez do programa formação PME e estamos inscritos para uma nova fase que, à semelhança do anterior, irá com certeza trazer mais-valias para a empresa”, afirma António Tixador. Como constrangimentos sectoriais, o empresário refere: “concentração de grandes grupos e dificuldades dos pequenos fabricantes.” Associado a isto alerta para o facto de ser necessário ter um cuidado especial com a floresta, na medida em que “a qualidade da cortiça têm diminuído e é necessário ultrapassar este problema para se manter a os padrões desejados”, concluiu.

In, Notícias APCOR Julho, Agosto, Setembro 2016

Associado nr.223

Contato: Raymondcor, Cortiças Lda.

Contacte-nos

Não legível? Mude o texto. captcha txt

Começe a escrever e pressione Enter para procurar