Portugal lidera na Fileira da Cortiça

Home / Portugal lidera na Fileira da Cortiça

Portugal continua a liderar na produção e transformação da cortiça. Este é a principal conclusão de um estudo promovido pela Associação Portuguesa da Cortiça (Apcor), denominado “Estudo de Caracterização da Fileira da Cortiça”. O documento analisa a evolução das tendências ocorridas no período 2000-2010, traça o perfil da fileira da cortiça e aponta algumas linhas para o futuro.

Os principais números-chave são:

Produção

  • 2,1 milhões de hectares de área total de montado de sobro, limitado à região mediterrânica.
  • Portugal é o país com maior área de sobreiro, com 34% da área mundial.
  • Portugal é o maior produtor mundial de cortiça com 49,6% (cerca de 100 mil toneladas).
  • 716.000 hectares de sobreiro, representado a terceira espécie florestal portuguesa e ocupando 22,5% da área de povoamentos florestais.
  • 73,4% da área de sobreiro (cerca de 525.000 hectares) estão concentrados no Alentejo Central, Alentejo Litoral, Alto Alentejo e Lezíria do Tejo.

Comércio

  • 1.229 Milhões de Euros é o valor actual das exportações mundiais (2010).
  • Portugal é o líder mundial das exportações de cortiça, com uma quota de 61,3% e mais de 750 Milhões de Euros.
  • A fileira da cortiça representa 2,0% das exportações de bens portuguesas e 0,2% das importações de bens, revelador de um elevado valor acrescentado nacional.
  • As rolhas de cortiça são o produto líder das exportações com 529 Milhões de Euros (70% do total), seguindo-se os materiais de construção (176,3 Milhões de Euros, 23,4%).
  • Os materiais de construção e decoração de cortiça representam 23% das exportações totais (176,3 Milhões de Euros).
  • Os principais destinos das exportações portuguesas são França, com 153,3 Milhões de Euros (20,3%), seguindo-se os EUA (119 Milhões de Euros, 15,8%) e a Espanha (79 Milhões de Euros, 10,4%).

Perfil das Empresas

  • 597 empresas a operar no sector, em 2009.
  • 70% são empresas vocacionadas para a fabricação de rolhas de cortiça.
  • 59% possuem apenas até quatro trabalhadores.
  • 307 empresas (51,4% do total) têm um volume de negócios inferior a 0,5 Milhões de Euros, e 19 empresas (3,2%) com volume de negócios superior a 10 Milhões de Euros.
  • 8.723 pessoas a laborar no sector, em 2009.

I&D

  • 482 Milhões de Euros de investimento global da Indústria da Fileira da Cortiça, nos últimos dez anos.
  • 85,9 Milhões de Euros de investimento em Inovação e I&DT, no período 2000-2010 (considerando os sistemas de incentivos PRIME, QREN, POAGRO e FCT).
  • 63 processos de registo de propriedade relacionados com a Fileira da Cortiça.
  • 44 processos relacionados com a Fileira da Cortiça para a concessão de Patente de Invenção Nacional.
  • 13 processos associados à Fileira da Cortiça para a concessão de Patentes de Invenção Europeia.

Qualidade

  • 68.176 hectares de área de sobreiro com certificação florestal FSC em Portugal, representando 9,5% da área nacional de sobreiro.
  • 45 certificados FSC de CdC (Cadeia de Custódia) a nível mundial, dos quais 28,9% são de Portugal.
  • 385 empresas a nível mundial certificadas pelo Systecode, das quais 278 (72%) estão em Portugal.
  • 45 normas portuguesas (NP), 65 normas europeias (EN) e 55 normas internacionais (ISO) é o resultado do trabalho da comissão CT16 ao nível da Normalização Sectorial.

O documento completo está disponível na Apcor e pode ser consultado no sítio da associação em: https://www.apcor.pt/artigo/estudo-caracterizacao-sectorial-2011.htm.

Registe-se que o estudo é da autoria de Mafalda Evangelista e teve o apoio financeiro do Programa COMPETE.

Notas ao Editor:

Associação Portuguesa da Cortiça (Apcor)

A Apcor tem como missão representar e promover a indústria portuguesa da cortiça, representando cerca de 250, que no seu conjunto são responsáveis por cerca de 80% da produção nacional total e 85% das exportações de cortiça. É também responsável pelo desenvolvimento de acções de promoção e valorização da cortiça através da realização de iniciativas de carácter nacional e internacional, disponibilizando, ainda, um centro de informação.

Para mais informações, contacte, por favor:
Joaquim Lima
Tel. 22 747 40 40
E-mail: realcork@apcor.pt
www.apcor.pt

Contacte-nos

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search