Portugal pela Floresta

Home / / Portugal pela Floresta

Diario Económico

Portugal pela Floresta, uma iniciativa lançada pelo Governo Português, é apresentada hoje, às 10h00, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Este movimento pretende desenvolver um conjunto de iniciativas ao longo de 2014 com o objectivo de promover e valorizar a floresta portuguesa, colocando este tema na agenda dos portugueses. “Cerca de dois terços do território nacional é ocupado por espaços florestais e no entanto só se fala de floresta quando arde. É preciso inverter esta percepção negativa e Portugal pela Floresta quer criar uma sinergia entre os vários actores, congregando todos os esforços institucionais, da sociedade civil, e do sector produtivo e industrial de forma a promover e dar visibilidade à importância da floresta”, pode ler-se no documento de apresentação da iniciativa.

Os espaços florestais, que incluem para além das áreas com povoamentos florestais, as áreas de matos e pastagens espontâneas, abrangem perto de seis milhões de hectares, cerca de 67 por cento do território nacional. Destes, cerca de três milhões de hectares correspondem a povoamentos florestais (35 por cento do território nacional), uma das mais elevadas taxas de arborização da União Europeia. De registar que, segundo o último inventário florestal nacional, o sobreiro ocupa o segundo lugar das espécies portuguesas e assume 737 mil hectares, representado 23 por cento.

Segunda a iniciativa “a floresta portuguesa é maioritariamente detida por proprietários privados. O Estado detém cerca de dois por cento da floresta e as autarquias e comunidades locais os remanescentes seis por cento. Estima-se que as actividades e os serviços ambientais associados representem um valor económico líquido superior a 1.100 milhões de euros. Em concreto, e desde 2000, o valor acrescentado deste sector representa, em média, 2,1 por cento do PIB nacional e, contribui para cerca de dez por cento das exportações. Este sector é responsável por cerca de 100.000 postos de trabalho.”

Para alertar para a importância da floresta, o movimento vai promover iniciativas de reflexão – conferências que se pretende serem um fórum de debate e reflexão sobre a importância social, económica, territorial e ambiental da floresta; e iniciativas de sensibilização – através de um roteiro de visitas e acções que incidirá sobre todo o território e sobre as várias funções da floresta onde será promovido e valorizado o que de melhor se faz no âmbito da floresta em Portugal.

Além disto irá produzir-se um pequeno livro com um retracto vivo da floresta. O objectivo deste livro é dar a conhecer de forma simples, sistematizada, e apelativa a complexa e dinâmica realidade florestal portuguesa. Este livro será distribuído gratuitamente em todas as iniciativas do Portugal pela Floresta.

O Portugal pela Floresta criou uma página de facebook no início do ano (acessível em https://www.facebook.com/pages/Portugal-pela-Floresta/542030889225375?fref=ts) e já recolheu mais de 700 “Likes”.

Portugal pela Floresta é um esforço colectivo do Movimento Eco, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, e do Ministério da Agricultura e do Mar.

info@apcor.pt

Contacte-nos

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search