Sobreiro e cortiça são caso de estudo no StarTree

Home / / Sobreiro e cortiça são caso de estudo no StarTree

Diario Económico

O projecto StarTree (árvores multifuncionais e produtos florestais não lenhosos, um desafio e uma oportunidade) promoveu ontem, em Coruche, um encontro para apresentar o caso de estudo português que inclui a cortiça como um dos produtos-chave, a par com os cogumelos e pinha-pinhão. Este dia intensivo contou com uma visita ao montado, ao Observatório da Cortiça, e um encontro com diversos oradores, no qual esteve inserido uma apresentação da Associação Portuguesa da Cortiça (Apcor). Este testemunho chamou a atenção para a importância da cortiça no panorama português, ao nível do valor gerado pela indústria, mas também ao nível social. Foi destacado o trabalho que o sector tem vindo a levar a cabo na qualidade, na inovação e na comunicação, com vista a garantir o futuro desta indústria.

Esta iniciativa está incluída na terceira Assembleia-geral organizada pelo projecto e que decorreu em Portugal, durante três dias. Para além desta “viagem de campo”, o encontro contou com uma série de reuniões dos vários grupos de trabalho para análise dos diversos casos de estudo e sessões de formação.

O objectivo do StarTree é aproximar a comunidade científica, os proprietários florestais, as empresas e parceiros comerciais, de forma a colocar os Produtos Florestais Não Lenhosos (PFNL) no foco de produtos e mercados a desenvolver. Centra-se em adquirir conhecimento para optimizar a gestão da multifuncionalidade da árvore e desenvolver uma abordagem inovadora para melhorar o mercado e rentabilidade da cadeia de PFNL, contribuindo para uma economia rural mais competitiva.

As florestas europeias, estendendo-se por 35 por cento da área da União Europeia, providenciam produtos e serviços múltiplos às comunidades rurais e à sociedade em geral. Contribuindo para o rendimento de cerca de 16 milhões de proprietários e criando quatro milhões de postos de trabalho, as florestas europeias desempenham um papel cada vez mais significativo na promoção do crescimento sustentável e inclusivo na Europa. Os produtos florestais lenhosos têm uma importância reconhecida no sector florestal. Os PFNL e as árvores multifuncionais (como é o caso do sobreiro) também assumem igual importância em muitas regiões europeias (em termos da manutenção do rendimento, das tradições e conhecimento tradicionais e da melhoria da competitividade das economias rurais), mas ainda não há dados para o demonstrar. Por isso, a União Europeia decidiu financiar o projecto StarTree, no sentido de colmatar esta falha. Existem 14 casos de estudo a nível europeu, coordenados por uma entidade de cúpula – European Forest Institute, na Finlândia -, sendo que um está em Portugal e tem como parceiro o Instituto Superior de Agronomia (ISA). A cortiça está, ainda, a ser caso de estudo no projecto da vizinha Espanha, mais concretamente na Catalunha, região onde esta espécie ocupa, também, um lugar de relevo na região.

O projecto está orçado em cerca de 7,5 milhões de euros, e terá duração de quatro anos, tendo-se iniciado em 2012. Mais informações sobre a iniciativa podem ser obtidas em www.star-tree.eu .

info@apcor.pt

Contacte-nos

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search